Iniciativa africana de mídia irá fundar inovação em jornalismo

porIJNet
Dec 8, 2011 em Diversos

Um novo concurso pretende estimular a inovação nas notícias digitais na África.

A African Media Initiative (AMI) lançou o "African News Innovation Challenge (ANIC)", um fundo de US$1 milhão para promover a tecnologia digital e jornalismo inovador nas organizações de notícias africanas.

O executivo-chefe da AMI, Amadou Mahtar Ba, anunciou o fundo durante o Fórum Africano de Líderes da Mídia na Tunísia, dizendo que o concurso irá fornecer os recursos necessários para jornalistas africanos se atualizarem na era digital.

"A mídia tradicional ainda está crescendo na África, mas organizações de mídia sabem que precisam entrar no mundo digital e móvel para se preparar para o futuro", ele disse. "Essa competição é a nossa maneira de dizer: 'Estamos aqui para ajudar.'"

O concurso anual oferece verbas de US$12.500 a 100.000 para projetos que buscam soluções para os pontos fracos nas redações africanas -- o jornalismo investigativo baseado em dados, o engajamento público, distribuição móvel de notícias, visualização de dados, fluxos de receita e sistemas de fluxos de trabalho.

O coordenador do projeto ANIC e bolsista do programa Knight International Journalism Fellowship, Justin Arenstein, disse que o concurso tem como objetivo "fomentar uma cultura de inovação em mídia africana" e irá proporcionar "acesso a especialistas que a maioria das mídias simplesmente não têm."

Seguindo o modelo do Desafio Knight de Jornalismo, o concurso atraiu patrocinadores como o Google, a Omidyar Network, a John S. and James L. Knight Foundation, Konrad-Adenauer-Stiftung e o Departamento de Estado dos EUA.

O site do concurso será lançado este mês e as organizações de notícias podem começar a se inscrever a partir de fevereiro de 2012.

Leia mais (em inglês) no Centro Internacional para Jornalistas.