Ferramentas e recursos para a cobertura da Copa do Mundo de 2014

por Jessica Weiss
Jun 12, 2014 em Temas especializados

Com o início da Copa do Mundo, dezenas de milhares de jornalistas estão se preparando para cobrir um dos eventos esportivos mais assistidos do mundo. De cobrir dezenas de jogos a capturar a controvérsia e protestos em todo o Brasil, os jornalistas reportando sobre o evento tem uma tarefa difícil pela frente.

Se você está cobrindo a Copa do Mundo do Brasil ou do exterior, aqui estão ferramentas úteis e recursos para ter em mãos:

O básico

Para seguir as informações básicas do evento, do local, horário e pontuação, o site da Fédération Internationale de Football Association (FIFA) é um bom ponto de partida. A ESPN está oferecendo uma cobertura abrangente, incluindo um artigo com tudo que você precisa saber sobre a Copa (em inglês). Para uma cobertura abrangente em língua espanhola, a Univision Deportes também está cobrindo todos os aspectos da Copa.

Inúmeros sites vão acompanhar pontuações e classificação, incluindo Google. Como informou The Atlantic, alguns "bons samaritanos do futebol" no Reddit criaram calendários que você pode facilmente importar em seu próprio aparelho de programação, como o Google Calendar, para se certificar de não perder um único jogo.

Prepare seu Twitter

Não há dúvida que vai dar muita Copa no Twitter. De acordo com o Twitter UK, já houve mais tuites relacionados com a Copa do Mundo deste ano que durante todo o torneio de 2010.

O Twitter e a FIFA lançaram os hashtags #WorldCup, #Brazil2014 e #Brasil2014. Muitas equipes também têm suas próprias hashtags dedicadas, como a equipe dos Estados Unidos #1N1T e #OneNationOneTeam.

Contas oficiais que vale a pena seguir incluem @FifaWorldCup, a fonte oficial para todas as coisas da Copa do Mundo, e @Fifacom, para notícias da federação internacional de futebol. Para preparar o seu feed do Twitter para a Copa, o repórter Richard Deitsch da Sports Illlustrated montou uma lista de Twitter nomes a seguir.

Trinta dos 32 países que competem na Copa do Mundo deste ano tem contas oficiais no Twitter, que você pode seguir aqui. Mais de 300 dos jogadores das 32 nações concorrentes estão no Twitter, com representantes de todas as equipes que competem tendo presença na plataforma --siga-os aqui. E aqui está um gráfico legal dos jogadores mais mencionados no Twitter nos últimos três meses.

Acompanhe o evento ao vivo

Porque nem todos nós podemos estar no Brasil, um monte de pessoas está trabalhando para tornar esta Copa do Mundo uma das mais acessíveis para se acompanhar via computador, tablet ou dispositivo móvel.

A lista de seis aplicativos do Mashable para conferir inclui ESPN FC Soccer & World Cup, FIFA '14, FIFA Oficial, Onefootball Brasil, Travel Portuguese Futebol Edition e theScore (a disponibilidade de todos aplicativos varia de país para país). Para esses, a lista da CNET acrescenta a Univision Deportes e Watch ESPN.

A acessibilidade para partidas ao vivo e opções de streaming depende de que país você está. Para descobrir qual rede vai transmitir o torneio em seu país, vá para LiveSoccer. A rede de língua espanhola Univision irá transmitir todos os jogos das duas primeiras rodadas do torneio gratuitamente no seu site e através dos aplicativos Univision Deportes para iOS e Android.

E para ver um fluxo contínuo de fotos da Copa do Mundo enviada por fãs em todo o Brasil, o WorldCup Gram exibe as imagens que os usuários carregam no Instagram durante o evento.

A cena local

Enquanto o clima em todo o Brasil certamente vai ser de festa, também são esperados protestos. A recente pesquisa da Pew Global constatou que 61 por cento dos brasileiros acham que o evento vai ser ruim para o país porque "tira o dinheiro de áreas como educação e saúde."

Para acompanhar a conversa local via mídia social, o blog Rio Gringa reuniu algumas hashtags importantes que repórteres podem ficar de olho durante a Copa, como #VaiTerGreve.

Se você está se dirigindo para as ruas, o guia de segurança do Comitê para a Proteção dos Jornalistas abrange uma grande variedade de segurança práticas para jornalistas, como cobrir conflitos violentos a preparação básica e segurança digital. Recentemente lançado em português especificamente para a Copa, o guia também está disponível em árabe, chinês, inglês, francês, russo e espanhol.

Por favor, compartilhe quaisquer recursos ou ferramentas adicionais para cobrir a Copa do Mundo no Brasil nos comentários.

Jessica Weiss é uma jornalista freelancer com base na Colômbia.

_Imagem cortesia de Digo_Souza no Flickr sob licença Creative Commons_