Ferramentas do Google para jornalistas: Parte 2

porJulie Bailey
Aug 8, 2010 em Jornalismo digital

Esta é a nossa segunda parte sobre ferramentas Google para jornalistas, desta vez com sugestões de Sean Carlson, gerente de comunicações globais do Google. Ele apresentou estas dicas durante a convenção de jornalistas hispânicos americanos em Denver, Colorado. Para ler a parte 1, clique aqui.

Aperfeiçoando a busca

Otimizar pesquisas requer a capacidade de restringir a busca a algumas palavras pertinentes. Porém, os termos de busca levam muitas vezes a material não relacionado ou desejado. Ao adicionar alguns sinais simples, os usuários podem mais facilmente especificar o que eles querem, evitando sites e termos indesejados.

  • Usando o sinal de menos (-) antes de termos elimina estes dos resultados
  • O sinal de mais (+) podem se adicionado antes de uma palavra para levar a resultados incluindo a palavra específica como é digitada
  • O asterisco (*) permite que o Google determine a melhor resposta a sua pergunta. O Google fornece o exemplo, “Obama votou * na * lei”  que chegaria a diferentes leis votadas por Obama.
  • Para buscar em um site específico por um termo em particular, os usuários podem digitar um termo de busca seguido por “site:” e o site onde querem buscar. Buscando Iraque site: NYTimes, o Google gera matérias sobre o Iraque no New York Times.

Mais dicas de busca podem ser encontradas aqui (em inglês).

O lado visual do conteúdo

Adicionar visuais relevantes a uma matéria pode engajar melhor o leitor e levá-lo a um melhor entendimento do assunto.

Um novo projeto da revista LIFE e do Google tornou público milhões de fotografias do arquivo de fotos da LIFE disponível para uso. As fotografias, incluindo muitas que nunca foram publicadas, datam de 1750 até hoje. Estas matérias podem ser adicionadas gratuitatmente.

O Google Maps oferece imagens de rua de uma variedade de cidades americanas e outros lugares do mundo e continua a expandir o serviço. Estes mapas podem ser enviados por e-mail ou publicados no site. Também, os usuários têm a opção de criar um custom map, que pode ser incluído em qualquer site. Os usuários podem agregar conteúdo relevante e ajustar a apresentação do mapa para combinar com o estilo individual de cada site.