Ferramentas do Google para cobrir a campanha eleitoral dos EUA

porvgimenez
Jan 11, 2012 em Temas especializados

O novo site de política e eleições do Google ajuda jornalistas a encontrar tendências e transformar informações em mapas ou cronogramas.

Lançado durante o Cáucaso de Iowa na corrida para a eleição presidencial americana, o Google Politics & Elections inclui uma seção especial para jornalistas, que fornece uma série de ferramentas úteis.

"O site permite que eleitores, jornalistas e campanhas para classificar rapidamente a informação eleitoral por raça, popularidade ou temas. As pessoas também podem verificar o painel de tendências para ver o pulso político na Web em tempo real, comparando o número de visitas aos vídeos de YouTube dos candidatos, buscar tráfego e no menções Google Notícias", disse Eric Hysen, da equipe do site.

Aqui estão as ferramentas mais úteis, segundo a IJNet, para os jornalistas interessados nas eleições americanas:

- Google + for Politics: Esta ferramenta mostra os sites no Google Plus das campanhas e candidatos. Ela permite que repórteres acompanhem como campanhas comunicam mensagens diferentes para públicos diferentes através do uso de "círculos" ou de reuniões virtuais com os eleitores.

- Tendências: Com o Google Trends, você pode comparar o interesse dos cidadãos americanos sobre qualquer assunto, incluindo política, eleições e candidatos. Jornalistas também podem rastrear até cinco tópicos de cada vez para ver com que frequência eles aparecem nas buscas do Google e, geograficamente, onde as pessoas têm procurado por eles.

- Tabelas de fusão (Fusion Tables): A ferramenta, entre as melhores ferramentas que os jornalistas não usam, mas deviam, permite que jornalistas transformem informações em mapas, cronologias ou rankings simples. Também ajuda a combinar e compartilhar informação de múltiplas fontes.

- Estatísticas de busca (Insight for Search): Com esta ferramenta, o Google rastreia o que as pessoas procuram nos motores de busca em tempo real. Você pode comparar os padrões dos volumes de informações entre as regiões, categorias, prazos e propriedades de tempo.

- Notícias por candidato e assunto: Se você não quer perder quem disse o quê e quando, o Google organiza a notícia por nome. Você pode escolher, por exemplo, "Barack Obama" ou "Rick Perry," e todas as notícias onde eles são citados aparecerão em ordem cronológica. Além disso, você pode procurar por temas como economia, imigração, saúde, emprego e desemprego, segurança nacional ou questões sociais.