Estudantes de jornalismo investigam forças por trás de imigração mexicana

porLindsay Kalter
Aug 5, 2011 em Diversos

Zita Arocha, professora de jornalismo da Universidade do Texas em El Paso (UTEP), lançou um site dedicado a informar sobre uma das mais proeminentes e polêmicas questões políticas discutidas nos Estados Unidos de hoje: a imigração.

O site, Mexodus, foca na situação dos mexicanos de classe média e os perigos que levam muitos a atravessar a fronteira para os Estados Unidos, incluindo sequestro e extorsão.

"É o meu desejo mudar os estereótipos sobre a imigração mexicana para os Estados Unidos e informar o público americano sobre este fenômeno", Arocha disse ao Centro Knight para Jornalismo nas Américas.

Mexodus apresenta uma série de 20 reportagens bilíngues sobre o tema, compilados ao longo de nove meses por cerca de 100 estudantes de jornalismo da UTEP, California State University Northridge, e as filiais de Chihuahua e Cidade do México do Institute Tecnológico de Monterrey (ITESM).

Uma adolescente de 14 anos anos conta em uma entrevista sobre a viagem da sua família para os EUA depois de sofrer o trauma do sequestro.

A maioria das histórias são recolhidas de ex-moradores de Juarez, El Paso e Tijuana, embora os alunos não tenham se aventurado a ir ao México devido aos perigos de violência das drogas.

O projeto é patrocinado pela Ethics and Excellence in Journalism Foundation, Investigative Reporters and Editors and the MEPI Foundation. O El Paso Times vai publicar as reportagens no dia 7 de agosto.

Via Centro Knight para Jornalismo nas Américas