Dicas para trabalhar seguro com um aparelho Android

porSteve Wyshywaniuk
Jan 9, 2014 em Segurança do jornalista

Cada nova tecnologia traz consigo riscos para cada vantagem extra. Aqui estão alguns passos iniciais que você pode tomar para começar a proteger o seu aparelho Android:

Torne anônima a informação que flui de seu telefone

Seu telefone envia e recebe muita informação: e-mails, chats e todos os tipos de atualizações sociais e multimídia. O acesso a essas informações é a razão de você andar com seu telefone, mas a sua presença também pode ser um risco. Felizmente, temos o Tor para nos proteger.

Você pode ter ouvido a palavra Tor em algum outro lugar. Trata-se de uma rede aberta que ajuda a proteger contra a análise de tráfego, filtragem de conteúdo e vigilância de rede. Fornece a base para uma gama de aplicativos que possibilitam que organizações e indivíduos compartilhem informação através de redes públicas sem comprometer a privacidade. Se você quer saber mais sobre como o Tor funciona, visite seu site.

Pode começar a proteger suas informações, conectar seu telefone móvel com a rede Tor através do seu aplicativo oficial, Orbot.O Orbot só irá protegê-lo quando você estiver usando um grupo específico de apps.

O Orweb é um browser construído para proteger a sua navegação na Internet. O ChatSecure é um cliente de chat para proteger suas conversas. O DuckDuckGo é um aplicativo de ferramenta de busca. O Twitter suporta Orbot através de seu suporte a proxy. Você deve definir o proxy do Twitter com o servidor " localhost" e a "port" 8118. O StoryMaker é um aplicativo de produção multimídia com o qual estou envolvido. Contamos com o Orbot para publicar conteúdo de forma segura no YouTube.

Se você estiver interessado em ter o Orbot protegendo todo o seu tráfego, vai precisar de ter acesso de root (total) ao seu dispositivo.

Rooteando seu dispositivo

O Android permite que você controle uma série de aspectos do seu telefone, mas para evitar vírus e prevenir que pessoas façam erros simples, você não tem permissão de acessar algumas funções de nível inferior. "Rootear" o dispositivo é um termo para a obtenção de permissões para todas as funções do sistema operacional --o que também é chamado de acesso de "superusuário". Isso não é algo que você deve fazer com o seu telefone no trânsito a caminho de casa; é um projeto de fim de semana para a maioria das pessoas. Você deve estar pronto para assumir a responsabilidade de mantê-lo atualizado e funcionando.

O Lifehacker tem um bom guia para você começar a rootear o seu telefone.

Publicando com segurança

O Guardian Project é a equipe de consultoria de segurança para o StoryMaker e, entre muitas de suas contribuições, foi nossa integração com o Orbot. Quando você tem Orbot e deseja publicar um vídeo no YouTube com o StoryMaker, não importa se o YouTube é bloqueado em seu país, ou se o operador de rede está à procura de pessoas que acessam os servidores do YouTube. O StoryMaker irá publicar o seu vídeo e Orbot irá manter o seu tráfego anônimo.

Atualmente, o StoryMaker só suporta acesso ao YouTube na rede Tor, mas fico feliz de dizer que recentemente recebemos financiamento do Open Tech Fund para adicionar quatro novos destinos de publicação: Facebook, Flickr, SoundCloud e servidores de SSH privados.

Capturando e armazenando com segurança

Nós não vamos parar por aí, no entanto. Estamos com o objetivo de garantir a segurança de ponta a ponta para qualquer um usando o StoryMaker. Nos últimos seis meses, a equipe da Scal.io construiu com sucesso um protótipo de câmera fotográfica com criptografia completa de começo ao fim. Estamos trabalhando para tornar o protótipo uma realidade.

Quando terminar esse trabalho, o StoryMaker irá proteger você e sua informação, a partir do momento em que o conteúdo é criado até que ser publicado online. Isso não vai resolver todos os problemas de segurança que os jornalistas enfrentam, mas é uma parte importante do problema que pode melhorar muito.

Quer participar?

Estamos construindo o StoryMaker para trabalhar para jornalistas experientes e novatos também. Nosso objetivo é fazer com que você e suas fontes se sintam seguros sobre as ferramentas que você usa para contar suas histórias. Nós amamos saber o que você pensa, então, por favor, entre em contato conosco. Você pode relatar problemas e ver o nosso processo de trabalho no nosso site de desenvolvimento, curtir a genete no Facebook para obter atualizações, ou enviar um e-mail para Support@storymaker.cc ou usar hashtag #StoryMaker no Twitter.

Este artigo é um resumo de um artigo publicado originalmente no PBS Idea Lab e é traduzido e reproduzido na IJNet com permissão.

Steve Wyshywaniuk é co-fundador da Small World News, gerente de produto do StoryMaker e cineasta independente. Ele trabalha na produção de conteúdo digital e em treinamentos presenciais ou a distância com cineastas no Iraque, México, Afeganistão e Líbia.

Imagem sob licença CC no Flickr via Paul Jacobson