Consiga seu primeiro trabalho de TV com estas dicas para criar um filme demo

porMargaret Looney
Feb 10, 2015 em Jornalismo multimídia

Quando a repórter Stephanie Tsoflias e seu cinegrafista Kenton Jovem estavam ensinando o curso "Introdução para Notícias de TV" em Nova York, seus alunos expressaram uma grande preocupação: todos eles se formaram em ótimas escolas de jornalismo, mas achavam que suas faculdades os mandavam para o mundo sem uma fita demo capaz de lhes conseguir um emprego.

Em vez de fazer um estágio não remunerado após a faculdade para reforçar o seu material, eles ou 1) saiam do jornalismo ou 2) conseguiam um trabalho "fora da câmera" na esperança de encontrar o seu caminho no ar. Então Tsoflias e Young ofereceram filmar suas demos para eles. Esta é a forma como eles chegaram ao conceito do Reel Reporting, uma organização que oferece oficinas para ajudar o jornalista de TV à procura de emprego a fazer seu currículo audiovisual. 

"Nós não deixamos que gravassem quaisquer matérias apenas", disse Tsoflias. "Sabendo umas coisinhas de anos propondo nossas próprias pautas em reuniões editoriais, sabíamos que as matérias tinham de ser atraentes, visualmente interessantes e diferentes. Não matérias de incêndio, não matérias de crimes, não falsas tomadas ao vivo ou manchetes."

Logo depois, seu primeiro aluno conseguiu um emprego e mais estudantes seguiram, conseguindo empregos no ar com os vídeos que a dupla criou para eles. Eles já começaram a oferecer oficinas em todo os Estados Unidos, que apresentam um repórter especialista no mercado local e um cinegrafista de notícia.

Tsoflias compartilhou algumas dicas para jornalistas de TV manterem em mente quando filmam seus vídeos demo:

1. Montagens devem incluir cerca de quatro standups - não 10. Muitas vezes, os repórteres exageram, não importando a fase de sua carreira. Neste caso, menos é melhor. Diretores de notícias preferem ver quatro boas tomadas de standups interativas ou ao vivo em vez de uma série de clips um seguido do outro. Não cometa o erro de perder o seu público antes de chegar às histórias reais.

2. A quantidade média de tempo que um diretor de notícias gasta em um vídeo demo antes de passar é: 10 segundos. Esta é uma informação que aprendemos com diretores de jornalismo e agentes similares. Eles têm centenas de fitas (ou links) para ver. E precisam ver o fator "carisma" desde o início. Ponha seu melhor vídeo primeiro. Isso não significa necessariamente o clipe onde você está mais bonito. Considere a sua aparência, o que você está dizendo e o que você está fazendo.

3. Diretores de notícias prestam atenção à escrita; não apenas à aparência. A escrita é a base deste negócio, especialmente na era digital, onde você tem que escrever roteiros de TV e roteiros para a Web. Ao escrever suas matérias, vá para o coração. Encontre uma maneira de envolver o espectador.

4. Encontre histórias que você não vê na TV. Quando você entra em uma nova redação, há uma maneira garantida de impressionar o seu novo empregador - propor uma matéria empreendedora. Isso é o que eles querem. Pauteiros ficam constantemente com olhos nas notícias de agências, scanners e jornais. Como repórter, seu trabalho é descobrir histórias. Seu vídeo deve refletir a sua capacidade para encontrar histórias que ninguém mais tem.

5. Ser o âncora não vai fazer você conseguir o seu primeiro emprego. Nem sua demo da faculdade. Muitas vezes as pessoas querem estar "em uma mesa de âncora" e "ler um texto" como parte de seu vídeo demo. Nós sempre orientamos nossos alunos a evitar esses clips. Se você está à procura do primeiro emprego no ar, clips de ancoragem não vão lhe dar esse trabalho. Sua reportagem vai. Pergunte a qualquer gerente de contratação ou âncora -- por trás de qualquer bom âncora está um grande repórter.

6. Você precisa estar ativo nas mídias sociais - é uma obrigação. Estar presente na mídia social entre todas as plataformas mostra para as emissoras que você está interagindo com o público. Quanto mais você se envolver, mais as pessoas vão assistir.

7. Dois pacotes são suficientes. Agentes e facudades, muitas vezes, dizem para colocar três pacotes em seu demo. Tem sido o padrão há anos. Descobrimos que os diretores de notícias dizem que dois é o suficiente. Apenas certifique-se que eles são diferentes em tom e estilo.

8. Não busque um agente antes de conseguir um emprego. Você tem que molhar os pés primeiro. É improvável que agentes vão aceitar você antes de encontrar o seu primeiro emprego. Dito isto, alguns conseguem ver o potencial desde cedo e querem guiá-lo desde o início. Nosso conselho é de não ir atrás de um agente. Vá atrás de um trabalho que o agente chegará a você.

Os próxima workshops intensivos do Reporting Reel serão realizada no sul da Flórida, de 20 a 22 de março, e em Nova York, de 27 a 29 de março. Para mais informações, entre em contato com Stephanie: reelreporting@gmail.com.

Stephanie fundou Reel Reporting em 2013. Ela passa seus dias fazendo reportagens para o News 12 Long Island and PIX-11 News, no maior mercado de mídia no mundo, New York. Ela também cobriu os principais eventos de notícias recentes, como os furacões Sandy, pelo qual ela ganhou um Emmy. Combinando reportagem no ar e ensino, Stephanie é uma instrutora regular na Media Bistro. Ela mantém um blog pessoal, que tem sido destaque no Huffington Post, The Knot e MSN e foi palestrante convidada na Universidade de Syracuse e Universidade de Maryland.

Imagem de gravação em Los Angeles, cortesia de Tsoflias