Como o prêmio de jornalismo online da ONA reflete a revolução digital no jornalismo

porJane McDonnell
May 26, 2014 em Jornalismo digital

O concurso Online Journalism Awards 2014 (OJAs) --o único conjunto abrangente de prêmios em homenagem a excelência no jornalismo digital em todo o mundo-- está aberto, marcando o seu 14 º aniversário. Vale a pena dar uma olhada em sua história curta, mas distinta, uma vez que espelha coletivamente o arco estratosférico do jornalismo digital.

Os OJAs foram lançados em maio de 2000 por fundadores pioneiros da Online News Association (ONA). Como você pode suspeitar, não recebemos uma tonelada de inscrições naquele ano, em parte porque não havia uma tonelada de jornalistas "online". Havia apenas 11 categorias para escolher, com títulos como "excelência geral em jornalismo online, original para a Web" e "uso criativo do meio, original". Em retrospectiva, essas categorias parecem passos pequenos, mas significam o compromisso, entusiasmo e senso de possibildade com o jornalismo e o admirável mundo novo da net .

Assim como a mídia digital explodiu, o mesmo aconteceu com o número de inscrições e categorias da OJA. Durante este tempo, nossos voluntários representantes e comitês foram previdentes o suficiente para saber que precisavam ser ágeis, abordando cada prêmio anual de olho para a evolução vertiginosa das notícias online. Categorias surgiram com foco em ferramentas técnicas e acolhendo startups de notícias e mídias não tradicionais. A ONA também foi capaz de colocar seu dinheiro onde sua premiação foi, graças ao apoio generoso e visão de futuro da John S. and James L. Knight Foundation e Gannett Foundation que deu aos vencedores o incentivo para continuar a inovar.

Este ano, sob a direção do presidente Josh Hatch, os OJAs abriram com 33 categorias. Dez dos prêmios vêm com um total de US$52.500 em dinheiro, honrando o jornalismo de dados, storytelling digital visual, jornalismo investigativo e inovação tecnológica a serviço do jornalismo, bem como os marcos importantes de 2000, o serviço público e excelência geral. Algumas coisas nunca devem mudar.

Até onde o nosso setor chegou? O pequeno e desconexo jantar de premiação que, historicamente, conclui a nossa conferência anual tornou-se um banquete, com mais de 500 participantes, apresentadores renomados, scripts, telas grandes e vestidos chamativos. No ano passado, os OJAs tiveram mais de 900 inscrições. Este ano, nós atualizamos categorias para enfatizar a tecnologia móvel, e estamos lançanco um prêmio de US$15.000 da Universidade da Flórida para o jornalismo investigativo de dados (mais sobre isso em um futuro post do blog). Reconhecer a importância crítica de dados --e as pessoas que trabalham neles e os traduzem em histórias-- simplesmente nos leva a 2014.

Uma das melhores partes desta tarefa é ver o incrível trabalho que os jornalistas estão produzindo em deadlines vertiginosos --com tecnologia inimaginável em 2000. Estamos ansiosos para ver e homenagear seu trabalho, e acrescentá-lo ao nosso cronograma em curso celebrando a excelência do jornalismo.

Participe aqui até 13 de junho. Siga a conversa usando #OJA14.

Junte-se à ONA para homenagear os vencedores da OJA na última noite da ONA14, a Conferência e Banquete da Online News Association, de 25 a 27 de setembro, no Sheraton Chicago Hotel and Towers em Chicago.

Este artigo apareceu originalmente no site da Online News Association é publicado e traduzido para a IJNet com permissão.

A diretora executiva da ONA, Jane McDonnell, supervisiona e administra as operações do dia-a-dia da maior associação mundial de jornalistas digitais, trabalhando em estreita colaboração com o Conselho de Administração.

Crédito da foto do prêmio: Heikki Pölönen