Como jornalistas podem usar Montage para reportagens de guerra e conflito

porSam Berkhead
Sep 23, 2016 em Temas especializados

O conflito na Síria surgiu há mais de cinco anos. Nesse tempo, mais horas de filmagens foram produzidas do conflito do que as próprias horas do próprio conflito.

Com um volume tão grande de imagens de vídeo disponível, como jornalistas podem selecionar esse conteúdo para descobrir o que realmente está acontecendo?

Uma ferramenta recém-criada chamada Montage permite que jornalistas, grupos de direitos humanos e outros façam exatamente isso de forma colaborativa analisando e verificando filmagens de conflito, a fim de transmitir com precisão essas informações ao público. Os usuários podem pesquisar o conteúdo no YouTube pelo local e hora, marcar os vídeos de acordo com pessoas, lugares ou coisas específicas e analisar essas informações de forma colaborativa para descobrir a verdade por trás da filmagem.

O Carter Center utilizou a ferramenta para produzir este mapa do conflito sírio, uma visualização interativa de como o conflito evoluiu ao longo dos anos.

Usando dados do Montage para analisar imagens de vídeo do conflito, o mapa é capaz de transmitir informações em tempo real, fornecendo a jornalistas e agentes humanitários um recurso essencial. Os dados do Montage também permitiram ao Carter Center produzir mapas que mostram a eficácia dos ataques aéreos russos, o ressurgimento do governo Assad e os movimentos das tropas do ISIS.

"O Montage ajuda nossa equipe a analisar dias de conteúdo de vídeo, permitindo colaboração", segundo um comunicado do Carter Center. "Permite concentrar a nossa atenção na análise em vez da coleta de dados."

Jigsaw, o criador do Montage, explicou que a ferramenta é inspirada pelo fundador do Bellingcat Eliot Higgins, que se tornou conhecido por pesquisar os vídeos no YouTube da guerra civil síria para investigar ataques específicos, alegações de armas químicas e movimentos de tropas.

Para começar a usar o Montage, os usuários conectam a ferramenta a uma conta do Google. De lá, podem criar um projeto, procurar vídeos para adicionar ao projeto e compartilhar o trabalho com colaboradores.

Montage, agora parte da plataforma Storyful, está atualmente em fase beta. O plano é fazer seus dados de fonte aberta e publicamente disponíveis num futuro próximo.

Imagem principal é captura de tela do “Tracking the Front Lines in Syria”, produzido pelo Carter Center