Como desenvolver fontes para matérias sobre negócios

porInternational Center for Journalists
Nov 24, 2011 em Temas especializados

Toda cidade ou região do mundo, não importando o tamanho, está repleta de negócios interessantes e notícias econômicas que afetam a vida diária e o bolsos dos leitores e espectadores.

Mas onde encontrar essas notícias? Podem vir de qualquer lugar. Jornalistas não têm que ser especialistas nessas áreas, mas quando aprendem a linguagem de cada setor, desenvolvem fontes e seguem os mais recentes desenvolvimentos, podem produzir matérias de boa qualidade.

Desenvolvendo uma rede de fontes

Como e onde você poderá conhecer as fontes, especialmente se é novo na reportagem de negócio e economia? O que torna uma fonte boa? Como saber se uma fonte é confiável? As dicas a seguir e fontes potenciais vão ajudar a responder essas perguntas.

10 Dicas para desenvolvimento de fontes

  1. Transforme cada contato de uma matéria em uma fonte potencial para futuras matérias. (Entre em contato novamente e fique em contato, não ligando só quando precisa de informações.)
  2. Faça o contato inicial em pessoa com uma fonte potencial.
  3. Procure por nomes de especialistas e gente de negócios nos artigos de outros repórteres.
  4. Participe de eventos da indústria, sempre que possível.
  5. Cultive a relação com pessoas que tenham bom conhecimento para poder consultar e dar contexto ou pano de fundo à reportagem, mesmo se não citá-las nas matérias.
  6. Obtenha regras básicas diretamente com as fontes. Você pode utilizar as informações na matéria, ou é simplesmente para o pano de fundo?
  7. Confiança com as fontes é necessária em ambos os lados. Qual é o interesse da fonte?
  8. Respeite os acordos feitos com as fontes.
  9. Não confie sempre nas mesmas fontes; desenvolva novas fontes a cada semana.
  10. Conheça gente do "alto" e "debaixo". Encontre-se com pessoas no topo, mas não ignore secretários, funcionários e assessores.

Fontes em potential

Comece no topo:

  • Diretores-gerais, proprietários
  • Advogados
  • Corretores
  • Contadores
  • Headhunters
  • Analistas financeiros
  • Líderes trabalhistas
  • Professores universitários
  • Políticos
  • Diretores de ONGs
  • Proprietários de terras
  • Relações públicas e especialistas em marketing e publicidade
  • Consultores de gerência
  • Editores de publicações da indústria
  • Economistas de bancos
  • Administradores de grupos de comércio, câmaras de comércio

Tenha em mente que os empregados são muitas vezes tão bem informados sobre o que está acontecendo -- às vezes melhor informados -- do que os empregadores, e muitas vezes são mais propensos a falar sobre possíveis notícias.

Este artigo faz parte de um curso online do ICFJ Anywhere, que apóia os jornalistas em todo o mundo com treinamento gratuito em uma diversidade de tópicos. Os cursos são oferecidos em uma variedade de idiomas, incluindo inglês, árabe, persa, espanhol, português, turco e francês. Para as últimas novidades sobre os cursos do ICFJ Anywhere, clique aqui.