Como criar vídeos de notícias com o aplicativo Videolicious

porMargaret Looney
Nov 14, 2013 em Jornalismo multimídia

Jornalistas que querem uma maneira simplificada para filmar, editar e publicar vídeos curtos podem recorrer ao Videolicious, um aplicativo para iOS com uma versão Android a caminho.

Como as redações do Washington Post, New York Daily News e LA Times, jornalistas podem usar o aplicativo para fazer ensaios fotográficos narrativas com voice-over e também transmissão de vídeo misturando entrevistas com b-roll de fotos ou clipes de vídeo. Em apenas quatro passos para fazer um vídeo, o aplicativo se destaca pela simplicidade, mas produz resultados iguais aos vídeos profissionais produzidos tradicionalmente.

Para criar um vídeo narrativo, comece escolhendo fotos da biblioteca de mídia do seu dispositivo. Se você estiver usando fotos estáticas, pode cortar as imagens ou centrar a foto. Já que o vídeo é essencialmente um meio horizontal, poder cortar imagens verticais é fundamental.

Certifique-se de selecionar suas fotos do b-roll da biblioteca de mídia na ordem que pretende usá-las em seu vídeo, pois as imagens vão rolar na tela enquanto gravar sua narrativa.

Agora é hora de contar a história. Você terá a opção de abrir a câmera e microfone da frente para gravar sua voz ou fazer uma gravação no estilo stand-up. Aqui é quando as multifunções começam, porque você pode gravar a reportagem e inserir o seu b-roll ao mesmo tempo. Toque na tela para começar a gravar a si mesmo e toque simultaneamente nas miniaturas das fotos e vídeos selecionados da biblioteca de mídia quando quiser que apareçam "sobre" a sua voz ou si mesmo. Veja como funciona aqui:

Se você quer fazer um vídeo no estilo jornalístico clássico, pode gravar entrevistas com uma câmera traseira virada para fora do aplicativo e, em seguida, importar essas entrevistas ao aplicativo para fazer o vídeo. Pode aparar seus clipes de entrevista e adicionar uma terceira menor (embora esta opção só é disponível com algumas contas). Em seguida, inclua seu b-roll como antes, seguindo o sistema de tocar na imagem.

Você também pode incluir uma introdução ou mensagem final do repórter, acrescentando contexto no início ou dim da matéria.

Um repórter do Washington Post usou Videolicious para criar este pequeno clipe que foi incluído na cobertura do Post TV, com vídeos que são produzidos mais tradicionalmente com uma câmera de vídeo e um editor de desktop.

Você pode adicionar música sem licença e um filtro para o seu vídeo final. Escolha se você quer salvá-lo como vídeo SD ou HD (HD é recomendado, mas SD é melhor para ambientes sem boa cobertura celular ou se você precisa arquivar o vídeo rapidamente), e depois salve o vídeo. Você pode compartilhar seu vídeo no YouTube, Facebook ou Twitter, mas o vídeo vai estar localizado na plataforma Videolicious.

Se sua redação opta por uma conta de empresa, que apresenta o maior nível de personalização e é adequado para redações grandes, pode salvar o vídeo para um sistema de gerenciamento de conteúdo interno e fazer o vídeo aparecer diretamente no seu site. Contas pessoais são gratuitas, mas limitadas a vídeos de 1 minuto de duração, 10 imagens de b-roll por vídeo e armazenamento de 20 vídeos. Uma conta de empresa custa US$60 por ano e a conta de empresa plus, com uma maior personalização, custa US$120 por ano.

Algumas desvantagens atuais: Você só tem uma chance de obter a narração corretamente. Isso significa que você não pode parar e se reestruturar se escorregar em uma palavra. Então, é melhor praticar o seu roteiro em voz alta algumas vezes antes de filmar a si mesmo. Você também só pode importar um rolo de imagens, ou uma entrevista, por vídeo. Estas duas limitações vão ser as primeiras coisas abordadas em iterações futuras, Alan Haburchak do Videolicious disse em um recente webinário da NewsU do Poynter.

Durante o webinário, Haburchak ofereceu algumas dicas rápidas para a gravação de vídeo com o aplicativo:

  • Sempre filme na horizontal. Isto pode parecer elementar, mas o instinto da maioria das pessoas é segurar o telefone na vertical, por isso é digno de nota.

  • Segure a câmera com firmeza. Novamente, isto pode parecer óbvio, mas com um aplicativo eficiente focado na simplicidade, planos balançantes e zooms vão tornar seu processo de edição mais difícil.

  • Adicione um microfone externo para uma melhor qualidade de som. Um microfone onidirecional embutido vai pegar uma ampla gama de som.

  • Faça vídeos de 60 a 90 segundos. A duração do vídeo varia de tema para tema, mas este período de tempo é geralmente o ideal, disse ele. "Mais do que isso e você vai perder pelo menos metade do seu público-alvo."

  • Mantenha introduções de 10 a 20 segundos. Siga a abordagem que você usa para escrever um bom lede, "longo o suficiente para atrair o público mas não tão longo que fique chato", disse ele. "Você quer chegar à cerne do conteúdo. Você está tentando fornecer o contexto e puxar o espectador para dentro."

Margaret Looney, assistente editorial da IJNet, escreve sobre as últimas tendências de mídia, ferramentas de reportagem e recursos de jornalismo.

Imagem sob licença CC no Flickr via Holger Eilhard