Como blogueiros podem ganhar dinheiro com Medium?

porLaura Hazard Owen
Oct 17, 2017 em Jornalismo digital

Pronto para conectar sua conta corrente com o Medium?

Em agosto, o Medium começou a permitir que um grupo seleto de usuários -- principalmente pessoas que publicam conteúdo frequentemente na plataforma -- colocasse seu conteúdo atrás de um paywall. Ao mesmo tempo, lançou um programa de assinatura por US$5/mês que daria aos membros pagantes acesso a este conteúdo pago. Nos primeiros dois meses do programa, alguns autores disseram que foi surpreendentemente fácil fazer dinnheiro: embolsaram uns 200 dólares, por exemplo, em posts que escreveram há muito tempo e decidiram botar o paywall.

A partir de agora, qualquer pessoa pode publicar seu artigo sob o paywall. O Medium anunciou que seu programa para escritores está aberto a todos.

Quando você participar do programa, terá a opção de publicar seu artigo apenas para membros do Medium (quem paga US$5/mês) e receber o pagamento com base no engajamento. Seu artigo ainda será distribuído para seus seguidores, descoberto através da pesquisa, na página inicial do Medium e nossos aplicativos. (Nota: Nós mudamos recentemente nosso paywall de "sem acesso" para "medido", o que significa que os não membros ainda poderão ler uma quantidade limitada de artigos bloqueados por mês.) Você pode bloquear e desbloquear qualquer postagem em qualquer momento e não precisa ser um membro pagador para participar. Você pode saber mais sobre essas atualizações aqui.

Há algumas diretrizes de conteúdo que você deve seguir (não escrever artigos de spam ou pedidos de doações, etc.). A empresa também tenta proibir o conteúdo ofensivo, embora seja preciso ver o quão estritamente isso será aplicado e quanta disposição o Medium terá para policiar isso. (O último item nesta lista!)

Não podem ser incluídos artigos que:

  • Defendem ou promovem a intolerância ou o preconceito contra indivíduos ou grupos, incluindo o uso de afirmações científicas ou pseudocientíficas para patologizar, desumanizar ou desempoderar outros.
  • Usem deliberadamente palavrões ou linguagem e imagens excessivamente fortes para fins de choque ou incitamento.
  • Glorifiquem, comemorem, minimizem ou banalizem violência, sofrimento, abuso ou mortes.
  • Existem principalmente para atacar, intimidar, envergonhar, assediar ou ameaçar pessoas identificáveis ou anônimas.
  • Expõem informação pessoal de terceiros.
  • Critiquem empresas ou produtos de forma inflamatória ou abusiva.
  • Consistem em reivindicações e relatórios infundados, não verificados ou enganosos.

Agora, sobre o que você realmente está interessado. Quanto as pessoas vão receber de pagamento? Poucas pessoas que participaram do piloto tuitaram sobre o que receberam.

Os valores foram muito maiores do que eu pensava. (Ainda estou procurando por uma mulher que tuitou sobre ganhar dinheiro no Medium, a propósito.) Duas coisas aqui: primeiro, eu tinha tido a impressão de que o Medium estava semeando o dinheiro que os escritores recebem. O CEO Ev Williams pareceu sugerir isso quando entrevistei no final de agosto:

Como qualquer mercado, vamos semear primeiro. Normalmente, você precisa fazer o semeamento antes de ter uma demanda suficiente. Nos estágios iniciais, não estamos limitando os pagamentos aos assinantes. Estamos investindo mais do que a quantidade atual da receita de assinantes para semear o mercado.

Uma porta-voz do Medium insistiu, no entanto, que todo o dinheiro que os escritores do Programa de Parceiros do Medium (MPP, em inglês) estão fazendo vem apenas das contribuições dos membros. Em um e-mail, ela me contou o seguinte:

— 100 por cento do dinheiro que vai para escritores e editores no Programa de Parceiros do Medium vem dos US$5 mensais dos membros. Através do Programa de Parceiros, os criadores de conteúdo elegíveis podem publicar artigos diretamente sob o paywal de nossa associação para ganhar dinheiro com base na profundidade do engajamento dos membros.

— Para o mês de setembro (o primeiro mês completo desde que expandimos o MPP), 83 por cento dos parceiros que publicaram pelo menos um artigo só para membros ganhou dinheiro: o valor médio obtido foi de US$93,65 no decorrer do mês. O máximo que um autor recebeu em setembro foi US$2.279,12, e a publicação que mais ganhou recebeu US$1.466,68. O maior valor que uma única história ganhou foi US$1.599,83.

— Além do Programa de Parceiros, adquirimos conteúdo que achamos que os membros irão desfrutar, trabalhando diretamente com escritores e publicações. Isso inclui alguns dos escritores prominentes que publicam por trás do paywall, bem como os principais editores que preparam seleções sem anúncios para os membros. Esta é a "semente" de fundos adicionais aos quais Ev se referia.

Segundo: para fazer esse dinheiro, os posts bem-sucedidos devem conseguir uma boa visibilidade dentro da plataforma, mas não está inteiramente claro como isso acontece.

De qualquer maneira, uma consequência provável do anúncio é que os pagamentos ao autor serão muito menores; nada aumentou o número de membros pagantes do Medium, então o dinheiro terá que ser distribuído mais amplamente. (Sim, o Medium está fazendo várias coisas para atraí-los -- incluindo um programa de parceiro para editores de notícias --, mas não é nada que faça uma grande diferença a curto prazo.) O Medium não me disse quantos membros pagantes tem, embora, segundo sua porta-voz, "os primeiros sinais indicam que o conteúdo está convertendo leitores". Na conferência da ONA, em Washington, o podcaster Manoush Zomorodi, como parte de uma conferência com Williams, perguntou ao público quantas pessoas eram membros pagantes do Medium e algumas mãos levantaram.

"Quem está pagando as coisas, em última instância, é quem mais se beneficia com elas", afirmou Williams, o que me deixou intrigada.

Este artigo foi publicado originalmente no Nieman Lab e é reproduzido na IJNet com permissão.

Imagem principal sob licença CC no Flickr via Hillary