Caixa de ferramentas do jornalista digital: Vídeo

porPaige Levin
Jul 28, 2016 em Jornalismo multimídia

O jornalismo engajante e interativo é possível mesmo sem um extenso conhecimento da codificação. Mas como?

Nós pesquisamos na internet para encontrar as ferramentas mais acessíveis para criar conteúdos multimídia. Abaixo, você encontrará uma coleção de aplicativos totalmente gratuitos que irá fazer todo o trabalho para você -- sem necessidade de codificação:

Esta semana: vídeo.

YT2FB: É tão simples quanto parece. Esta ferramenta não exatamente ajuda com a criação de vídeo, mas é uma das ferramentas de vídeo mais singelas disponíveis. O site é um conversor de YouTube a Facebook, o que significa que leva vídeos originalmente enviados para o YouTube e os faz parecer como vídeos nativos do Facebook em segundos.

E daí? O tempo provou mais uma vez que vídeos nativos do Facebook desempenham melhor do que links para vídeos. Isso ocorre porque vídeos nativos parecem muito maiores quando publicados, e muitas vezes são reproduzidos automaticamente quando as pessoas navegam através de seus feeds de notícias, levando a mais pontos de visualização e engajamento. O processo é tão simples quanto copiar e colar o link do YouTube, e daí e só clicar em "pro toolbox" seguido por "create link". É isso. Copie e cole o novo link no Facebook e assista seu engajamento crescer.

Moovly: Querendo criar um vídeo no estilo BuzzFeed ou Vox que mais parece um infográfico em movimento, mas não tem certeza de como fazê-lo com um editor de vídeo tradicional? Com sua coleção de modelos e recursos, Moovly permite ao usuário criar vídeos informativos, cheios de gráficos rapidamente, sem complicação.

Além de fornecer uma biblioteca de panos de fundo, fontes e gráficos gerais, Moovly permite ao usuário fazer upload de suas próprias fotos e sons. Com uma conta paga, o usuário pode fazer upload de seus próprios vídeos também. A partir daí, para criar um vídeo é só arrastar-e-soltar. A melhor parte sobre Moovly é suas opções predefinidas de animação, que permitem que o usuário dê vida a suas informações. Única entre suas animações é a opção de ter as mãos manipulando, desenhando ou escrevendo coisas na tela.

Animatron: Outro grande recurso para vídeos explicadores. Animatron fornece mais opções predefinidas e modelos para usuários do que Moovly, com mais flexibilidade. Recursos aqui são apresentados em conjuntos, com opções múltiplas e mais detalhadas. No entanto, as opções predefinidas do Animatron tendem a ser um pouco mais no estilo de "cartoon".

Outro recurso útil do Animatron é a edição e comentário colaborativo, que permitem que vários usuários trabalhem em um projeto de uma só vez. Moovly fornece a capacidade de compartilhar vídeos; no entanto, pode ficar travado. Animatron ordena a sua biblioteca de recursos por assunto, tornando as coisas muito mais fáceis de encontrar do que no Moovly. Você pode fazer mais alterações para os recursos fornecidos, mas o editor é muito mais complicado.

Legend: Mais uma vez, este não é o seu aplicativo de vídeo tradicional, mas o jornalismo digital vai muito além do tradicional. Legend é um aplicativo simples para animar texto. Isso eleva algo como uma citação de frase, tornando-a mais atraente, ou talvez crie um título de vídeo emocionante. É uma opção mais rápida para criar vídeos de gráficos móveis simples, que podem ser vistos e compreendidos com e sem som. Vídeos gráficos tendem a ser compartilhados e visualizados online mais frequentemente do que pacotes de notícias tradicionais.

O usuário pode definir o seu texto contra diferentes panos de fundo ou imagens e definir as palavras para mover qualquer maneira que escolher. Animações criadas com Legend são boas alternativas para quando falta um vídeo de qualidade para uma matéria. Legend também permite ao usuário criar gifs para incorporar dentro de suas matérias. O trabalho pode ser facilmente compartilhado via e-mail, texto ou Slack.

Cameo: Outro aplicativo móvel, mas desta vez, um que realmente edita vídeo. Isto pode ser mais familiar para aqueles que estão acostumados a trabalhar com vídeo tradicional. Cameo fornece uma opção para editar o vídeo no celular, uma necessidade para repórteres de rua. Embora iMovie agora venha equipado em todos os dispositivos móveis da Apple, Cameo oferece uma opção mais artística para edição.

Com filtros predefinidos, temas, fontes e canções, Cameo reúne toda a edição de vídeo em um só lugar. Dito isto, este é provavelmente o melhor para vídeos corridos, não pacotes maiores. O aplicativo é otimizado para criar curtas -- algo mais longo pode causar problemas. Cameo é um aplicativo do Vimeo, então seus vídeos serão exportados para Vimeo quando forem concluídos.

interactive video.PNG

Eko: Há algo de especial em fazer parte da narrativa que pega o público. Se você quer aumentar o engajamento, recorra ao vídeo interativo. Nós não recomendamos vídeo interativo para uma matéria rápida, mas sim para um projeto maior em profundidade. Com a capacidade de clicar através de vídeos, o usuário decide qual o conteúdo quer ver.

Eko foi criado por Interlude, uma plataforma de vídeo interativo. Eko é a versão fácil do Interlude, que acelera o processo complicado. A plataforma pode ser assustadora para os recém-chegados, mas Eko fornece um modelo e explica a criação de vídeo através de um mapa. Com prática e ajuda do guia do usuário, qualquer um pode aprender a criar um vídeo interativo.

Para mais ferramentas de vídeo, confira este Pinterest.

Imagem principal sob licença CC no Flickr via Francisco Javier Argel