Além de Yoani Sánchez: Conheça 4 blogueiros cubanos

porJulie Schwietert Collazo
Apr 20, 2015 em Jornalismo digital

Yoani Sánchez pode ser a blogueira mais conhecida de Cuba, e ela recebe reconhecimento por isso. Yoani ganhou o Prêmio Ortega y Gasset de Jornalismo, Prêmio Herói Mundial de Liberdade de Imprensa, o Prêmio Maria Moors Cabot e uma lista de menções entre os "mais influentes" de revistas internacionais.

Yoani, que não estudou jornalismo, foi para a Internet, em 2007, para lançar o  “Generación Y”, um blog onde ela tenta, em suas palavras, "ajudar a construir uma Cuba plural e inclusiva, com espaço para todos os cubanos".

As opiniões de Yoani, que são muitas e fortes, são compartilhadas e discutidas em todo o mundo, com suas mensagens frequentemente citadas como refletindo a opinião do povo cubano em tudo, desde a disponibilidade de alimentos ao acesso à Internet. Além do blog, ela também é diretora do site de notícias cubano 14ymedio.

Enquanto sua influência é inegável, Yoani não é a única blogueira de Cuba. Apesar de conexões lentas de dial-up e, em muitos casos, computadores desatualizados, blogueiros cubanos de todos os cantos da ilha estão postando relatos para leitores locais e internacionais.

Muitos -- especialmente aqueles com um viés mais político-- mantêm um certo grau de anonimato, não incluindo em seus sites a página "Sobre" que identifica seus autores. Outros, porém, são de autoria de escritores e jornalistas que acreditam que é importante identificar-se e adicionar à pluralidade de ideias, opiniões e vozes que refletem a diversidade do pensamento cubano, autores que são tão ativos nas mídias sociais quanto podem usando dial-up.

Aqui estão quatro blogueiros que se enquadram nessa categoria, dando aos leitores perspectivas sobre a vida cubana que não são facilmente acessíveis em outros lugares:

1. Lis García: La Cachaza del Otoño

Lis, que é da cidade de Matanzas, descreve-se como "uma jovem jornalista e editora em fraldas". Seu trabalho oficial é como jornalista na TV Yumurí, um canal de TV baseado em Matanzas especializado em notícias local. Em seu blog, ela dirige-se a "jovens da minha geração, não importando de que local ou país podem ser, e, acima de tudo, a todos os interessados ​​na cultura e notícias de Matanzas".

O que torna o blog de Lis especialmente interessante é que ela compartilha partes da vida e histórias que muitas vezes são completamente desconhecidas dos leitores internacionais, como este post sobre a música "black metal" em Cuba. Suas mensagens oferecem uma dimensionalidade que é muitas vezes ausente na cobertura da mídia estrangeira de Cuba. Imagens da vida diária raramente vistas na mídia internacional também enriquecem suas mensagens, especialmente porque seu foco está na vida além da capital cubana. O blog é particularmente forte na cobertura das artes, embora ela não evite assuntos mais intensos, como os desafios do jornalismo digital.

2. Elaine Díaz: La Polémica Digital 

Chamado de um "espaço para o debate sobre Cuba",  "La polémica Digital" de Elaine Díaz é um site atualizado regularmente, onde ela tem um blog sobre eventos atuais, particularmente assuntos relacionados à política. De relatos sobre a recente Cúpula das Américas a uma análise sobre o que o lançamento do AirBnB em Cuba significa para os cubanos e um artigo de opinião sobre o futuro das escolas de jornalismo em Cuba, o comando de Elaine de assuntos de grande alcance é impressionante, assim como a quantidade e qualidade dos comentários sobre suas mensagens.

Elaine começou a blogar em 2008, quando estava escrevendo uma dissertação sobre o jornalismo e blogs e decidiu que não poderia ser especialista no assunto se ela mesma não tivesse um blog. Ela testou algumas plataformas, incluindo Blogger, e no processo descobriu a sua própria voz e perspectiva. Ela agora usa WordPress para praticar "este vício de informar, contextualizar, explicar... falando sobre tudo o que cativa o meu interesse".

3. Carlos Alberto Pérez: La Chiringa de Cuba

Carlos é um dos poucos blogueiros que posta quase diariamente, graças a uma rara conexão de Internet autorizada pelo governo que ele tem disponível em casa. Carlos Alberto Pérez é afiliado ao governo cubano, mas não é um porta-voz para a linha do partido. "Não há nenhum funcionário do Departamento de Segurança do Estado, atrás de mim, muito menos um manual de instruções me dizendo o que publicar," ele escreveu em resposta aos críticos que questionaram sua relação com o governo.

Escrevendo de Havana, Carlos escreve opiniões sobre temas como acesso à Internet na ilha ("um privilégio caro e lento") e, como acontece com outros blogueiros incluídos aqui, sobre o estado do jornalismo cubano. O blog é enriquecido por recorrentes mensagens baseadas em fotos fornecidas por fotógrafos convidados e vídeos, que oferecem uma visão rica da vida e cultura cubana através de vários meios de comunicação.

4. Harold Cárdenas Lema: El Toque

Harold é um dos membros fundadores do coletivo de blog, La Joven Cuba, que tem sido alvo de censura do governo. El Toque é outro projeto inteiramente, um blog de notícias verdadeiro com reportagens de Cuba e ao redor da América Latina. O site tem muitos seguidores - mais de 100 mil 'curtidas' no Facebook até o momento - e é destinado a um público mais jovem que está interessado em eventos atuais e do mundo, a maioria deles de natureza política.

Ocasionalmente, Harold posta reflexões mais íntimas, incluindo um artigo em que ele admite que pensou em sair de Cuba para buscar oportunidades no exterior. Ele continua a publicar em La Joven Cuba também, que é descrito como "um blog por estudantes universitários que oferecem opiniões sobre a realidade cubana".

Imagem sob licença CC no Flickr via agenciasenado