4 plataformas para impulsionar sua carreira freelance

porJessica Weiss
Jan 6, 2014 em Freelance

Jornalistas independentes tradicionalmente estão por conta própria quando se trata de propor ideias de pauta, gerar a fatura para pagamentos e proteger sua segurança. Mas um número crescente de comunidades e plataformas querem ajudar freelancers a prosperarem no mercado jornalístico.

Aqui estão quatro sites lançados em 2013 que valem a pena serem conferidos:

1. Storyhunter tem uma missão ambiciosa: ajudar jornalistas de vídeo freelance a contar histórias importantes mas ignoradas pelo mundo. Além de fornecer apoio editorial, o Storyhunter lida com vendas e distribuição para permitir que os jornalistas gastem seu tempo fazendo vídeos. O site é aberto a produtores, editores, cinegrafistas e documentaristas talentosos, que devem se inscrever para fazer parte da rede. Storyhunter.tv.

2. Assignmint oferece um sistema de fluxo de trabalho online gratuito, que visa agilizar o processo de trabalho dos freelancers da sugestão de pauta ao pagamento. No site, os jornalistas podem organizar tarefas e contratos, estabelecer calendários editoriais e lidar com as faturas, pautas, informações do contrato, despesas e pagamentos. Assignmint.com.

3 . NewsModo é uma plataforma em que freelancers de todo o mundo podem vender suas matérias e pegar reportagens para fazer, e os editores podem comprar conteúdo escrito e multimídia. Separado do processo de atribuição de reportagens, os freelancers podem fazer upload de seus próprios conteúdos e definir seus próprios preços para seu trabalho. Newsmodo.com.

4 . Frontline Freelance Register é uma entidade independente apoiada pelo Frontline Club Charitable Trust de Londres. A lista de registros fornece comunidade e apoio financeiro para os repórteres que cobrem conflitos sem o apoio de agências de notícias. É aberto a todos os jornalistas da mídia impressa, fotográfica, digital, rádio e vídeo freelances que trabalham em zonas de conflito ou fora de seus próprios países. Frontlinefreelance.org.

Jessica Weiss, ex-editora-chefe da IJNet, é uma jornalista freelancer com base em Buenos Aires.

Imagem cortesia do usuário do Flickr Ben McLeod sob licença Creative Commons