4 ferramentas para ajudar a escrever com mais rapidez e facilidade

porIJNet
Aug 14, 2016 em Jornalismo básico

Em meio à enxurrada de Instagrams, Snapchats e WhatsApps, há uma coisa que não mudou no jornalismo moderno: boa reportagem é ancorada em boa redação.

Nas legendas que usamos para contextualizar nossas fotos, os roteiros por trás de nossos vídeos, as perguntas da entrevista que fazemos e a forma como enquadramos nossas histórias, o valor de mercado da boa redação não diminuiu (realmente, em uma paisagem sobrecarregada de palavras reunidas na correria, a capacidade de construir uma frase brilhante cresceu em importância).

Assim, o mundo digital tem tentado aliviar a tarefa (muitas vezes angustiante) de escrever bem.

Medium

Medium é uma das plataformas de publicação mais conhecidas disponíveis e uma das mais fáceis de usar. Sua interface limpa, limitações na apresentação e facilidade de produção forçam jornalistas a se concentrarem no conteúdo que estão produzindo, em vez de qualquer extra ao redor.

Dada a sua comunidade ferozmente leal, promovendo tudo desde publicações independentes a bloggers, é um canal útil para qualquer jornalista, agindo como um blog, um campo experimental para artigos ou plataforma profissional.

Svbtle

À primeira vista, Svbtle parece muito com o Medium na medida em que também aposta na filosofia de que menos é mais. Oferece muito pouco em termos de personalização e permite ao usuário coletar ideias e, em seguida, publicá-las em um formato atraente, mas minimalista.

No entanto, Svblte é ideal para escritores que querem um espaço mais quieto e sua própria plataforma de pessoal. Enquanto o Medium encoraja uma comunidade ativa, permitindo comentário e destacando outros usuários, Svblte não é assim. É puramente uma ferramenta de divulgação, e enquanto o Medium só permite que artigos sejam publicados no site Medium, Svbtle age como WordPress permitindo domínios e ícones personalizados.

Scrivener

Leitores subestimam a complexidade de escrever um artigo de formato longo. Muitas vezes leva tempo, uma montanha de pesquisa, entrevistas, refazer o trabalho, edição brutal e reestruturação constante.

Projetado especificamente com escritores em mente, Scrivener (que é software e não uma plataforma online) tem todos os tipos de add-ons: um modo de "livre de distração", a capacidade de dividir telas, a capacidade de estabelecer metas de contagem de palavras, entre outros .

Scrivener vem com as desvantagens de ser um software robusto e com a curva de aprendizado que vem com isso. Além disso, enquanto há uma versão gratuita, o uso ilimitado carrega um preço mais alto.

Penzu

Penzu não vai necessariamente fazer a redação em si mais fácil, mas é uma maneira fácil de manter um diário. Redatores, repórteres e escritores igualmente são muitas vezes aconselhados a manter um diário para manter sua habilidade de escrita afiada e sua cabeça clara. No entanto, quando você digitar 10 vezes mais rápido do que você escreve e está colado a um computador o dia todo, pode ser difícil botar a caneta no papel.

Penzu é conveniente, disponível em telefones, bem como computadores, envia um e-mail para você todos os dias com um amistoso "Como foi seu dia?" para lembrá-lo se você se esqueceu dele (um problema comum em uma indústria onde é padrão experimentar dois ou três aplicativos novos por semana).

HackPack.press oferece o TechCorners semanalmente, com destaques para subsídios e oportunidades de emprego. Assine-o aqui.

Imagem principal sob licença CC no Flickr via Fredrik Rubensson