3 ferramentas de publicação digital para fazer sua reportagem se destacar

porIJNet
Nov 10, 2016 em Jornalismo digital

Os leitores de hoje precisam de mais do que prosa excelente; também precisam de uma apresentação impressionante. Felizmente, há uma série de plataformas que permitem a jornalistas e editores usarem reportagem multimídia original e construir designs atraentes com um esforço mínimo.

No jornalismo de hoje, a boa redação sozinha raramente é suficiente. Em um mundo inundado de artigos, artigos de listas, editoriais, notícias de última hora, análises, matérias longas, ensaios e trabalhos de pesquisa, a produção tem que ser visualmente atraente, bem como editorialmente forte.

Muitos jornalistas não têm as habilidades de codificação (e muitos outros, o tempo) para construir uma matéria interativa, especialmente quando o design se torna mais complexo. Reconhecendo isso, surgiram serviços que dão aos criadores controle editorial total, ao mesmo tempo que facilitam um ótimo design. Embora pouquíssimas ferramentas profissionais ofereçam opções de serviço gratuito, a maioria vale a pena se você tiver a matéria-prima para fazer uma reportagem impressionante.

Exposure

Design responsivo, a capacidade de incorporar a mídia social ou compartilhar o seu próprio site e a opção de deixar os leitores se inscreverem tornam o Exposure uma ferramenta poderosa. Dada a sua ênfase na fotografia, pode não ser ideal para reportagens de textos longos.

Um preço razoável US$5 para o plano básico, US$9 para o plano profissional e US$59 para o plano de negócios lhe trarão um bom retorno para o investimento.

Atavist

Uma das plataformas de publicação multimídia mais conhecidas, o Atavist foi feita para formatos longos e projetada para segurar a atenção do leitor através de reportagens complexas.

As publicações do Atavist funcionam para até 20.000 palavras, um tamanho ambicioso na paisagem de hoje, mas tem uma eficácia surpreendente. Algumas matérias foram transformadas em filmes.

Há uma gama de opções para Atavist -- de gratuitas a US$250 por mês, dependendo de seus recursos e necessidades.

Shorthand

Nos planos que começam a US$400, o Shorthand não é para aqueles com bolsos vazios. No entanto, com uma opção embutida para projetar compartilhamento em mídias sociais, a capacidade de exportar para um arquivo zip para hospedagem personalizada e um layout verdadeiramente bonito, aqueles com dinheiro podem economizar tempo e energia se deixarem Shorthand tomar as rédeas.

HackPack oferece o TechCorners semanalmente, destacando oportunidades de emprego e bolsas. Assine o boletim aqui.

Imagem sob licença CC no Flickr via Grant Hutchinson.