10 ferramentas essenciais que todo repórter investigativo deve usar

porZita Evangeline Campbell
Oct 27, 2015 em Jornalismo investigativo

Como pesquisar profundamente, economizar tempo e chegar diretamente à fonte que pretendemos encontrar? O diretor de pesquisa da Rede Global de Jornalismo Investigativo (GIJN), Gary Price, que também é editor do InfoDOCKET, e Margot Williams, editora de pesquisa para investigações do Intercept, compartilharam as suas 100 Melhores Ferramentas para Pesquisa de Dados na Conferência Global de Jornalismo Investigativo. Sobrecarregados com a lista grande, pedimos a Williams e Price para resumirem a 10 ferramentas e estratégias de pesquisa.

1. Segurança e privacidade

Ferramentas de segurança nunca foram mais importante. Há tanta informação que você divulga, mesmo sem saber. Arme-se com o conhecimento. Esteja ciente das questões de privacidade e aprenda a modificar a sua própria rastreabilidade. Isso é fundamental para a sua própria segurança e privacidade. Price e Williams recomendaram o uso de Tor e Disconnect.me para sites que bloqueiam outros de rastrear seu histórico de navegação.

2. Encontre site especializados e bancos de dados 

Não faça uma busca cega generalizada. Pense em quem terá a informação que você quer encontrar. Seja preciso sobre suas palavras-chave. O arquivo que está procurando existe online? Ou você tem que obtê-lo por si próprio de alguma forma? Terá que encontrar um arquivo? Ou obter uma entrevista em pessoa? Afinar o seu processo de pesquisa vai economizar muito tempo.

3. Mantenha-se atualizado

Price recomendou enfaticamente o Website Watcher. Esta ferramenta automatiza todo o processo de pesquisa, monitorando suas páginas escolhidas e envia atualizações instantâneas quando há mudanças no site. Esta ferramenta permite manter-se atualizado com pouco esforço. Não é mais necessário clicar na página toda hora.

4. Leia de trás para frente 

Onde você começa a procurar informações? Começa a ler a manchete ou as notas de rodapé? A maioria das pessoas começa com o título; no entanto, Williams dá uma dica: ela sempre começa com as notas de rodapé. As notas de rodapé informam o corpo do artigo e você pode ir direto para a informação sem ser afetado qualquer parcialidade do autor.  

5. Crie seu próprio arquivo

Wayback Machine é um arquivo digital da web. Este site permite ver versões arquivadas de páginas da web ao longo do tempo. Mais importante ainda, Price recomendou que você use este site para desenvolver o seu próprio arquivo pessoal. Um recurso do Wayback Machine agora permite arquivar a maioria das páginas da web e arquivos PDF. Não mantenha todas as suas fontes em um site que você nem sempre pode acessar. Agora você pode manter os arquivos, não só em seu próprio disco rígido, mas compartilhá-los online. Outro recurso útil para o arquivamento é Zotero, uma ferramenta de gerenciamento de informações pessoais. Assista aqui (em inglês) Price ensinando como usar essa ferramenta incrível de arquivamento e gerenciamento de informações. Você também pode construir seus próprios dados com IFTTT. Ele nos ensina como fazer isso aqui:

6. Pesquisas de áudio e vídeo

Cansado de pesquisar podcasts e vídeos para obter as informações que você precisa? Pesquisas de áudio e vídeo estão se tornando cada vez mais populares e você pode economizar uma incrível quantidade de tempo. Isso pode ser feito com os motores de busca como Pop Up Archive C-SPAN.

7. Ignore relatórios de mídia tradicional 

Williams ignora sites como Reddit a todo custo. Esses sites podem desviar o foco da sua investigação e você pode ficar envolto em conhecimentos que possam mais tarde ser considerados falsos. Price também tem receio de usar Wikipedia, por razões óbvias; qualquer pessoa, em qualquer lugar a qualquer momento pode mudar a história como entenderem. Continue curioso e continue a cavar. 

8. Tráfego marinho 

O site Marinetraffic.com faz com que seja possível rastrear qualquer tipo de barco e navio em tempo real, incluindo chegadas e partidas. Você também pode ver a rota dos barcos e seguir o caminho de qualquer movimento de navio. Confira o tutorial de vídeo de Price para o FlightAware, uma busca de dados que rastreia movimentos de voo em tempo real e históricos de Price:

9. Explorador de influência estrangeira 

Precisando encontrar fontes sobre governos e rastreamento de dinheiro? O Foreign Influence Explorer irá tornar a sua pesquisa incrivelmente fácil. Este motor de busca faz com que seja possível acompanhar as divulgações que se tornam disponíveis e permite descobrir que pessoas ou países receberam dinheiro no tempo e datas exatas.

10. Se você for usar Google…use bem

O potencial do Google raramente é atingido. Para um motor de busca comum, você pode obter resultados extremamente específicos se sabe como. Williams explica que o Congresso Americano tem um motor de busca terrível em seu site, mas se você usar o Google, pode refinar sua busca melhor, digitando as palavras-chave ao lado de “site:(URL)". Pode até dar a hora e a data que a informação foi publicada especializado-se ainda mais. Assista a um vídeo de demonstração do recurso de pesquisa avançada do Google aqui:

Line Løtveit é estudante de jornalismo da Universidade Faculdade de Volda e cobriu a conferência #gijc15. Zita Evangeline Campbell é da Nova Zelândia e se formou em filme e mídia. 

Este post apareceu originalmente no blog da Conferência Global de Jornalismo Investigativo e é reproduzido e traduzido pela IJNet com permissão. 

Imagem sob licença CC no Flickr via Frédéric Poirot