5 ferramentas para criar seu próprio podcast

porNatasha TynesJul 5, 2018 em Jornalismo multimídia

Embora podcasts tenham sido criados na década de 90, estão passando por um renascimento, principalmente devido ao fato de que as pessoas hoje em dia estão mais focadas do que nunca em seus celulares. O caso em questão é o podcast Serial da WBEZ Chicago, que tornou-se o podcast mais popular do mundo, com mais de 5 milhões de downloads no iTunes.

Podcasts são transmissões de áudio para download normalmente gratuitos e podem ser ouvidos diretamente nos sites de seus criadores, mas muitos preferem baixá-los em seus dispositivos móveis e ouvi-los na rua. Cobrem uma gama de tópicos, incluindo jornalismo e desenvolvimento de mídia. Muitos deles já foram destacados pela IJNet.

A necessidade de jornalistas embarcarem na onda do podcast é mais importante do que nunca. Para isso, temos ferramentas online que ajudam os jornalistas a criarem seus próprios programas de áudio usando seu desktop ou telefones celulares.

Para acompanhar estas dicas sobre como fazer seu podcast ser ouvido e como fazer um podcast sem gastar muito dinheiro, a IJNet compilou uma lista de ferramentas que jornalistas podem usar para criar seus próprios podcasts:

Spreaker: Este app móvel lançado recentemente visa criar "estrelas do rádio". Permite que qualquer um crie seu próprio programa ao vivo ou como um podcast. Com o console de DJ do aplicativo, os usuários também podem selecionar faixas de música a partir de uma biblioteca de áudio para adicionar aos seus programas. Este aplicativo também permite explorar podcasts populares. Embora o aplicativo seja mais recente, Spreaker é também uma plataforma online que existe há alguns anos. O aplicativo está disponível para dispositivos iOS, Android e Windows.

Opinion podcast: Este app móvel iOS fácil de usar permite gravar, editar e compartilhar seu áudio. O próprio aplicativo é gratuito, mas só permite criar podcasts de até 10 minutos de duração. A versão do app de US$3.99 dá uma opção de gravação ilimitado.

BlogTalkRadio: Esta é uma plataforma online que permite que você crie o seu próprio programa de rádio do seu desktop, em seguida, arquive mais tarde como um podcast. Oferece serviços gratuitos e pagos. É uma das primeiras ferramentas online que forneceram um serviço de podcasting. Você pode encontrar os webcasts da Columbia Journalism School na plataforma junto com muitos outros veículos de notícias locais. 

SoundCloud: Este aplicativo de gravação de áudio e site, que tem 175 milhões de usuários ativos e é conhecido por dar uma plataforma a músicos independentes, abriu a porta para podcasters permitindo-lhes ter acesso a um feed RSS do seu programa que eles podem enviar para o iTunes e outros serviços de podcasting. Os usuários do SoundCloud podem fazer upload de três horas de áudio gratuitamente. Se os usuários querem gravar mais de três horas, então têm que escolher entre diferentes opções de pagamento. O aplicativo está disponível para dispositivos iOS e Android.

Buzzsprout: Esta ferramenta online permite gravar, editar e enviar seu podcast a partir do seu desktop. Você pode gravar até duas horas e hospedar seu podcast por até 90 dias de graça, mas tem que pagar para obter mais flexibilidade. Também fornece análises para informá-lo como seus ouvintes estão usando o seu conteúdo. E também lhe dá a opção de migrar podcasts antigos e fornece-lhe um site personalizável que permite que os usuários assinem o seu podcast através do iTunes. Buzzsprout oferece dicas sobre como começar com podcasting aqui

Imagem sob licença CC no Flickr via audiomixhouse