Concurso de jornalismo destaca precarização do trabalho

Publicado em Oct 12, 2020 em Temas especializados

Jornalistas e estudantes de todo o Brasil podem competir pelo prêmio.

Movimento de Justiça e Direitos Humanos e a Ordem dos Advogados do Brasil, seccional Rio Grande do Sul, com o apoio da Associação dos Repórteres Fotográficos e Cinematográficos do Rio Grande do Sul (ARFOC-RS) e outros, promovem a 37º edição do Prêmio Direitos Humanos de Jornalismo.

O objetivo da premiação é estimular o trabalho dos profissionais do jornalismo na denúncia de violações e na vigilância ao respeito aos direitos humanos. O tema deste ano é "extermínio dos empregos - a precarização das relações de trabalho".

Podem concorrer trabalhos publicados entre 16 de novembro de 2019 e 15 de novembro de 2020 nas categorias: reportagem, fotografia, rádio, televisão, jornalismo online, crônica, documentário, grande reportagem (livro) e acadêmicos. Os vencedores geralmente recebem troféus e diplomas.

As inscrições vão até 20 de novembro.