Hacks/Hackers São Paulo: Em busca de inovar o jornalismo

byGustavo Faleiros
Jul 31 in Jornalismo digital

No último dia 16 de julho, eu ajudei a lançar a primeira atividade do Hacks/Hackers no Brasil, o capítulo do grupo em São Paulo. A iniciativa tem o apoio da Abraji (Associação Brasileira de Jornalismo Investigativo), os escritórios locais da Open Knowledge Foundation e da W3C (World Wide Web Consortium). A sessão de abertura foi realizada na sede do jornal Folha de São Paulo.

Durante meses, eu tenho trabalhado em projetos digitais sobre dados como parte de minha bolsa do programa Knight International Journalism Fellowship. Em junho, durante a Rio +20, a conferência da ONU sobre desenvolvimento sustentável, lancei o InfoAmazonia, uma plataforma que combina jornalismo e visualização de dados. Essa experiência me mostrou a importância de trazer jornalistas mais perto de desenvolvedores e outros profissionais que estão envolvidos em projetos inovadores de mídia.

Cerca de 50 pessoas participaram do lançamento do Hacks/Hackers São Paulo. Apresentações com jornalistas nos deram um panorama sobre como eles estão usando dados e ferramentas digitais.

  • Marcelo Soares da Folha de São Paulo falou sobre o seu blog de dados;
  • José Roberto Toledo de O Estado de São Paulo explicou porque o jornal decidiu criar uma equipe de jornalismo dados na redação;
  • Juliana Mori de O Eco, gerente de desenvolvimento da InfoAmazonia, descreveu o projeto e nossa colaboração anterior no mapa crowdsource feito em São Paulo chamado mapasColetivos;
  • Juan Torres do Correio da Bahia descreveu seu projeto, que foi finalista no primeiro Prêmio de Jornalismo Internacional de Dados.

O jornalista Fabiano Angélico ajudou a lançar o capítulo Hacks/Hackers com uma apresentação que analisou as oportunidades oferecidas pela nova lei do direito da informação do Brasil. "Ainda há um longo caminho a percorrer entre o acesso à informação e análise que encontra a relevância dessa informação. É por isso que eu acho que uma iniciativa como Hacks /Hackers é importante", disse ele.

Os participantes falaram sobre as apresentações no final da reunião e concordaram em se reunir mensalmente. Já configuramos um grupo Meetup, que até agora inclui 67 membros. O próximo passo: identificar o conhecimento que os jornalistas e programadores podem compartilhar e chegar a ideias de projetos que o grupo pode realizar para ajudar a introduzir novas ferramentas de mídia no Brasil - e, possivelmente, toda a América Latina.

A associação Hacks/Hackers, fundada pelo empreendedor jornalista Burt Herman, visa preencher a lacuna entre jornalistas e tecnologia. Iniciar o primeiro capítulo do Brasil em São Paulo é uma grande responsabilidade e, acima de tudo, uma oportunidade incrível de experimentar e avançar o jornalismo.

Gustavo Faleiros é um bolsista do Knight International Journalism Fellowship baseado no Brasil. Ele criou um mapa online abrangente que faz uso extensivo de dados para monitorar o ambiente em deterioração da Amazônia em nove países. Siga-o no Twitter.