Idiomas

Um guia para o jornalista verificar imagens

TEMA: 

Um guia para o jornalista verificar imagens

Jennifer Dorroh | 30/09/11

Quando uma notícia urgente se desenrola, muitas pessoas aproveitam para enganar o público com imagens alteradas. Por isso, todo o jornalista deve saber como verificar a autenticidade de fotos e vídeos.

De olho nesse problema, os jornalistas digitais Mandy Jenkins e Craig Silverman se tornaram especialistas na arte da verificação online.

Jenkins, editora de notícia social para o Huffington Post, e Silverman, diretor editorial do OpenFile.ca e editor e autor do livro 'Regret the Error', compartilharam suas dicas durante uma apresentação na Conferência da Associação de Notícias Online 2011 em Boston, EUA.

Veja aqui as suas dicas para verificar imagens:

1. Leia que tipo de informação está ligada à imagem em um visualizador de exif ('exchangeable image file format'), como este.

2. Verifique as edições na foto. Use um 'Image Level Analyzer', que utiliza a qualidade da foto para determinar se a foto foi alterada. (As imagens guardadas como arquivos de jpeg perdem qualidade cada vez que são salvadas. Se alguém pôs parte uma foto em uma outra, partes diferentes da imagem terão níveis diferentes.)

3. Compare a suposta localização da imagem com mapas e imagens existentes da área. Examine os relatos do tempo e sombras para confirmar se as condições mostradas encaixam com a data e hora alegada.

4. Verifique roupas, construção, línguas, placas, veículos, sinais e outros elementos da foto ou vídeo para ver se eles confirmam o que a imagem mostra.

5. Reveja o histórico e local de quem publicou a imagem para ver se ele teve conteúdo compartilhado no passado digno de confiança ou se pega o conteúdo de outros.

6. Há outras imagens que o fotógrafo tirou antes e depois da foto que você está tentando verificar para fazer uma comparação?

7. Fale com o fotógrafo sobre a imagem por telefone ou Skype. As pessoas tendem a mentir menos quando falam diretamente com você.

8. Cuidado com a foto incrível em uma notícia grande. Se parece ser boa demais para ser verdade, provavelmente é.

9. Use TinEye, um buscador de imagem em reverso, que“descobre de onde vem a image”, diz o site.

Os slides da apresentação integral de Jenkins e Silverman podem ser vistos (em inglês) aqui.

@jendorroh

PUBLIQUE UM COMENTÁRIO

Plain text

  • Nenhuma tag HTML permitida.
  • Twitter message links are opened in new windows and rel="nofollow" is added.
  • Endereços de páginas de internet e emails viram links automaticamente.
  • Quebras de linhas e parágrafos são feitos automaticamente.
Please log in or register in order to comment this post.