Idiomas

Site de crowdsource registra boas ações em cidade em guerra

Site de crowdsource registra boas ações em cidade em guerra

Maite Fernandez | 17/06/11

Um homem ajuda uma velhinha a atravessar a rua. Uma jovem decide doar alguns de seus brinquedos para as crianças necessitadas.

Essas são algumas das boas ações dos moradores de Ciudad Juarez, uma cidade de cerca de 1,3 milhões de pessoas no estado mexicano de Chihuahua, contadas no site "Juarez Hero Reports", que incentiva os moradores focar nas ações positivas que as pessoas fazem todos os dias.

Trata-se de um esforço para ver o lado positivo em uma cidade de rápido crescimento que tem sido chamada "a região mais violenta do mundo fora das zonas de guerra declarada."

A idéia é simples: Qualquer residente que tenha testemunhado um ato de bondade pode entrar no Juarez Hero Reports, contar a história e apontá-la em um mapa interativo. O projeto foi lançado em novembro de 2010 e registra 933 boas ações até o momento.

O projeto começou quando Christopher Csikszentmihalyi, diretor do Center for Future Media Civic no Instituto de Tecnologia de Massachusetts, visitou Ciudad Juarez em 2009 como parte de uma delegação enviada pelo Departamento dos EUA para encontrar formas para ajudar a cidade em guerra.

Baseado em um projeto semelhante em Nova York após os ataques terroristas de 11 de setembro para elevar o moral dos moradores, a MIT decidiu lançar "Hero Reports" em Ciudad Juarez.

Conhecido por sua violência de cartel de drogas e sexo relacionados com assassinatos, Ciudad Juarez ganhou o título infame de ser uma das cidades mais violentas do mundo. As autoridades registraram 7.386 mortes nesta cidade de fronteira nos últimos três anos, segundo a Fox News Latino.

Mas alguns acreditam que os atos aleatórios de bondade que ocorrem todos os dias na cidade também devem ser notados em um registro público.

"Através da imprensa estrangeira aprendemos sobre [um lado da] Ciudad Juarez, que é retratada como uma cidade brutal", escreveu Yesica Guerra, líder do Heroes Report México, em um blog relacionado com o projeto.

"Este blog quer discutir a outra face da cidade, que outras histórias também existem na cidade, na qual mais de um milhão de habitantes continuam vivendo suas vidas de uma forma pacífica e responsável."

Tags: