Idiomas

Por que sites de notícias devem repensar importância dos cliques

Por que sites de notícias devem repensar importância dos cliques

James Breiner | 26/11/17

Algumas observações de Robert Picard, especialista em economia de mídia, sobre os desafios da mídia hoje, a partir de uma entrevista realizada pela Faculdade de Comunicação da Universidade de Navarra:

As empresas de mídia precisam desenvolver receitas vindas de muito mais fontes do que no passado.

As empresas de mídia estão diluindo a qualidade do produto ao ir atrás de cliques com conteúdo digital leve ou frívolo. "Isso não traz dinheiro e não traz audiência."

Talvez 15 a 25 por cento do público pague por notícias sérias, diz Robert. Estas são as pessoas que realmente querem notícias.

Os jornalistas pensam que seu trabalho é realmente importante, e para os jornalistas, é. Mas a maioria das pessoas quer apenas viver sua vida. Se algo importante acontecer, eles vão online e lerão em algum lugar, mas na maioria das vezes não pagarão por isso.

Os jornais devem parar de pensar em si mesmos como um produto para uma audiência geral. As pessoas que ainda assinam jornais tendem a ser as mais ativas politicamente, socialmente e financeiramente em suas comunidades. Os jornais devem vender esse aspecto de sua audiência, não uma audiência em massa.

James Breiner, ex-bolsista Knight do ICFJ, lançou e dirigiu o Centro para Jornalismo Digital na Universidade de Guadalajara. Visite seus sites News Entrepreneurs e Periodismo Emprendedor en Iberoamérica. Este post foi publicado originalmente no News Entrepreneurs e é reproduzido com permissão. 

Imagem sob licença CC no Flickr via Steve Petrucelli

Tags: 

PUBLIQUE UM COMENTÁRIO

Plain text

  • Nenhuma tag HTML permitida.
  • Twitter message links are opened in new windows and rel="nofollow" is added.
  • Endereços de páginas de internet e emails viram links automaticamente.
  • Quebras de linhas e parágrafos são feitos automaticamente.
Please log in or register in order to comment this post.