Idiomas

Por que os tuites expandidos serão uma dádiva para jornalistas

Por que os tuites expandidos serão uma dádiva para jornalistas

Nicole Martinelli | 15/06/12

O Twitter é como um serviço de notícias do passado só que a mil por hora. É fácil perder tempo clicando nos atrativos 140 caracteres e acaber lendo notícias que você não precisa.

Recentemente o Twitter anunciou os tuites expandidos, que podem mudar isso. Você poderá visualizar o título, introdução, vídeos e fotos sem clicar no link. Também poderá dar um retuite ou nota de favorito, a partir da visualização.

Como mais e mais jornalistas dão uma lida nas notícias usando smartphones e tablets, a pré-visualização vai economizar tempo e conexão. Tuites expandidos já estão disponíveis no Twitter.com e no site móvel do Twitter e devem estar disponíveis em breve nos aplicativos móveis do Twitter para iPhone e Android.

O que eu acho menos animador é que os tuites expandidos estão disponíveis apenas para alguns parceiros de mídia -- quase todos eles organizações norte-americanas de notícias. Há alguns pesos pesados ​​para o lançamento inicial (New York Times, Wall Street Journal, a revista TIME), mas a única fonte internacional a participar é a alemã Der Spiegel.

O exemplo acima da visualização expandida -- uma foto de uma competição de luta mundial -- me faz pensar se consideraram o impacto potencial do recurso para o jornalismo global, ou se queriam evitar problemas com visualizações que não são próprias para o trabalho ou mostram violência real.

O serviço de microblogs de São Francisco tem sido uma força em matéria de acontecimentos noticiosos ao redor do globo -- desde o tsunami no Japão à Primavera Árabe -- e agora opera em 28 idiomas, incluindo recentes adições de árabe, hebraico, persa e urdu. Esperamos que os tuites expandidos sejam oferecidos a um grupo mais diversificado de organizações de notícias.

Via Muckrack

Imagem cortesia do Twitter.

PUBLIQUE UM COMENTÁRIO

Plain text

  • Nenhuma tag HTML permitida.
  • Twitter message links are opened in new windows and rel="nofollow" is added.
  • Endereços de páginas de internet e emails viram links automaticamente.
  • Quebras de linhas e parágrafos são feitos automaticamente.
Please log in or register in order to comment this post.