Idiomas

Newsmotion inova em reportagem multimídia global

Newsmotion inova em reportagem multimídia global

Nicole Martinelli | 06/06/12

O ambicioso grupo multimídia Newsmotion está desbravando novos caminhos com reportagens globais. O fundador Julian Rubinstein contou à IJNet sobre o lançamento de uma plataforma de mídia cidadã e os tipos de matérias que buscam de freelancers.

Depois de arrecadar financiamento no Kickstarter, as primeiras matérias no Newsmotion romperam novas barreiras no noticiário internacional.

O caso em questão foi uma reportagem na cidade de Homs na Síria, intitulada (em inglês) "Um dia com os rebeldes em Khaldeya, Síria" do fotojornalista David Degner.

Degner apresentou uma reportagem de campo sobre um subúrbio sitiado, isolado do mundo exterior. A apresentação de slides com 15 fotos mostra, ao som de um protesto recente, uma luxuosa sala desfigurada com buracos de bala, moradores fazendo "gatos" de eletricidade na rua e um cantor de casamento divertido umas crianças.

Enquanto muitos meios de comunicação tradicionais ainda usam apresentações de slides, áudio ou vídeos como extras, aqui eles são o prato principal. Outras matérias recentes que mostram a força do formato para reportagem global incluem "Canções de guerra: Jovens rappers no leste do Congo" (em inglês) de Agata Pietron, que apresenta um ensaio fotográfico, texto, documentário curto e trilha de áudio, e "O preço do trabalho: Mulheres iraquianas no público e privado" do premiado fotógrafo Kael Alford.

Interessado em participar? Rubinstein disse que está à procura de histórias em multiformatos com pelo menos dois dos seguintes: fotos, vídeo, texto, áudio e infográficos. As matérias devem ter fortes efeitos visuais (fotos ou vídeo) com foco em pessoas/personagens. Os temas devem ser principalmente (mas não exclusivamente) em torno de questões como os direitos humanos, recursos naturais, ambiente e habitação. As matérias são pagas. Por enquanto, freelancers podem propor ideias para reportagens em inglês, e em breve francês e espanhol. (Eles também estão buscando editores de língua estrangeira para consultas de campo e organizar feeds.)

As contribuições até agora são de jornalistas experientes, mas eles estão lançando uma plataforma de mídia cívica também.

"Para a plataforma narrativa de mídia cívica, o que esperamos fazer é contar histórias que geram consciência sobre questões e reforçam um sentimento de comunidade entre pessoas diferentes", disse Rubinstein. Atualmente em fase, a plataforma vai mostrar o trabalho da mídia oficial, não oficial e cidadão.Undo edits

Interessados em enviar ideias de pauta podem escrever para contact@newsmotion.org.

PUBLIQUE UM COMENTÁRIO

Plain text

  • Nenhuma tag HTML permitida.
  • Twitter message links are opened in new windows and rel="nofollow" is added.
  • Endereços de páginas de internet e emails viram links automaticamente.
  • Quebras de linhas e parágrafos são feitos automaticamente.
Please log in or register in order to comment this post.