Idioma:

Como não ficar para trás e inovar no jornalismo

image:

Se você está apenas começando no jornalismo, considere-se um empreendedor de notícias.

A indústria jornalística nunca vai voltar aos velhos tempos, disse Richard Gingras do Google News, e se você não está aderindo às mudanças nas formas de criar, consumir e compartilhar notícias, pode ficar para trás.

"Não está claro para mim quando a ruptura na indústria de notícias vai acabar", disse Gingras, que tem quase 30 anos de experiência liderando organizações de notícias inovadoras. "A eficácia em fazermos um ecossistema de jornalismo mais rico e conhecedor depende das pessoas nesta sala. Vocês são aqueles que vão criar os novos modelos, explorar novos caminhos, sejam os produtos que criam ou novas formas narrativas... "

Em uma palestra intitulada "Inovação em uma era de ruptura", Gingras se dirigiu a estudantes e um grupo diversificado de profissionais de mídia em um evento recente organizado pela filial de San Francisco da Online News Association e o Departamento de Jornalismo da San Francisco State University.

Aqui estão os pontos principais, segundo a IJNet:

  • Seja um empreendedor. "Todo mundo pensa que empreendedorismo é iniciar negócios, mas quero ampliar essa definição para o indivíduo, o empreendedorismo de 'eu', porque isso é cada vez mais importante." Gingras estressou o fato de a maioria dos jornalistas não vai ficar décadas na mesma organização de notícias, então devem considerar-se como "marcas" a serem construídas.

  • Assuma riscos. "O que eu realmente quero transmitir, especialmente aos estudantes, é que você precisa correr riscos. Experimente coisas, faça coisas, seja criativo... Aproveite cada oportunidade para aprender uma nova habilidade; aproveite todas as oportunidades para expressar essa nova habilidade. E, por favor, não tenha medo de estar errado. Não se preocupe em ser perfeito. Não importa." Ao contrário da hora de redigir um texto, não há uma receita para a perfeição ao experimentar. Cometa erros, aprenda com eles e acumule conhecimento sobre o que funciona.

  • Inove. Inovação não é um luxo. "Não estamos em uma transição simples e a tecnologia de base vai continuar a mudar mais e mais... Há cinco anos não pensávamos em redes sociais, que é tudo que falamos agora. O que vamos falar nos próximos três anos?" Sentir-se confortável com a mudança e re-pensar as notícias em todos os aspectos são fundamentais para uma carreira duradoura.

  • Aprenda noções básicas de negócios. "Você se prejudica enormemente se não entende a dinâmica básica das empresas que trabalham com você.... Não se trata de derrubar o muro entre a parte empresarial e o departamento editorial .. Não vamos deixar que um exercício de ética nos torne cegos sobre a dinâmica subjacente do negócio."Jornalistas precisam de dados para entender o que estão fazendo, ele acrescentou, seja SEO ou número de visitantes. "O objetivo dos jornalistas é chegar a observações baseadas no conhecimento sobre o que está acontecendo e comunicar para o maior número possível de mentes", disse ele. Se significa escrever termos que geram mais buscas na Web, jornalistas devem estar dispostos a experimentar.

Você pode assistir o vídeo de 90 minutos da apresentação (em inglês) aqui.

Foto: Richard Gingras da SF State.

Publique um novo comentário