Idiomas

5 lições para inovadores da mídia

5 lições para inovadores da mídia

Nicole Martinelli | 10/09/12

Quando o tuite de ontem é a manchete do jornal de hoje, os jornalistas e organizações de notícias têm de evoluir rapidamente.

Para ajudar a estimular essa mudança, a John S. and James L. Knight Foundation lançou seu Desafio Jornalístico Knight em 2006 para premiar novas ideias sobre apurar, disseminar e utilizar notícias e informações locais.

A Knight Foundation documentou os sucessos e dificuldades que os nove vencedores do Desafio enfrentaram ao longo do caminho para renovar o jornalismo em um relatório. (O PDF do relatório de 41 páginas está disponível aqui.)

Aqui está um resumo da IJNet:

1- Encontre uma necessidade real e a preenche. Compreenda e identifique os desafios reais que os jornalistas e organizações de notícias enfrentam. O relatório destacou o destino de dois projetos com ideias válidas, mas mostrou como um preencheu uma necessidade e o outro não.

Uma história de sucesso, o DocumentCloud fornece uma solução digital para a questão de como organizar as montanhas de documentos de fontes que jornalistas acumulam ao fazer uma investigação. O banco online de dados abertos provou ser um sucesso com as organizações de notícias, mais de 300 mil documentos foram enviados por 1.844 contas individuais de usuários ativos em mais de 600 organizações, de acordo com o relatório.

Por outro lado, o Mediabugs, que documenta publicamente erros nas notícias, teve uma "dificuldade tremenda" em ganhar força. "Algumas organizações de notícias que já tinham uma política de correções acharam que o MediaBugs oferece uma solução para um problema que já tinham respondido", disse o relatório.

2- Lembre-se do usuário final. A Ushahidi é uma plataforma que coleta, visualiza e mapeia relatos de cidadãos na Web, SMS, Twitter e e-mail. As pessoas têm usado a ferramenta para monitorar eleições no Sudão, México, Índia e Afeganistão e mapear situações de crise após os terremotos no Haiti, Nova Zelândia e Japão. Alguns usuários sem internet de banda larga ou uma conexão consistente tiveram dificuldade em carregar os relatos, e a plataforma requer conhecimento técnico para ser instalada, lançada e mantida que muitos usuários não têm. Desenvolver uma versão "light" e um programa de treinamento para a comunidade ajudaram a preencher essas lacunas.

3- Nem sempre comece do zero. Em vez de desenvolver um material totalmente novo, o projeto VIDI de visualização de dados se aproveitou do Google Visualization API, que exibe gráficos básicos, tais como gráficos de pizza, linha e barra, para seu sistema Drupal de gerenciamento de código-aberto de conteúdo. "Isso permitiu que a equipe de visualização de dados otimizasse o dinamismo do Google e das comunidades Drupal, formando uma rede maior de apoio para o seu código", observou o relatório.

4- Construa confiança. Fornecer uma ajuda imediata incentivou a uma maior adoção, segundo o relatório. O DocumentCloud deixou que repórteres carregassem e marcassem arquivos de forma privada primeiro e depois pública. Uma vez que os jornalistas confiaram no DocumentCloud para compartilhar materiais privadamente, ficaram mais seguros para fazer o mesmo publicamente.

5- Cultive os entusiastas. As redações precisam evoluir, mas muitas vezes resistem à mudança, o que apresenta um desafio para os inovadores. O DocumentCloud encontrou um defensor interno em Brian Boyer, então editor de aplicativos de notícias no Chicago Tribune. Boyer também atuou como um solucionador de problemas, ajudando outras organizações de mídia examinar dúvidas sobre a plataforma. "Ter defensores internos que fazem uma ponte cultural entre as inovações e seu público-alvo e proporcionar suporte técnico fácil e rápido para adotantes iniciais são um grande trunfo para qualquer projeto", segundo o relatório.

Imagem cortesia da Knight Foundation

Tags: 

PUBLIQUE UM COMENTÁRIO

Plain text

  • Nenhuma tag HTML permitida.
  • Twitter message links are opened in new windows and rel="nofollow" is added.
  • Endereços de páginas de internet e emails viram links automaticamente.
  • Quebras de linhas e parágrafos são feitos automaticamente.
Please log in or register in order to comment this post.